Resenha: Amityville


No ano de 1974, a polícia se depara com um brutal assassinato na família Defeo. O filho, Ronald Defeo Junior, confessa que matou seus pais e irmãos por influência de vozes em sua cabeça. O crime foi tão brutal e tão chocante, que a charmosa casa Defeo fica mais de um ano inteiro para ser vendida.


Treze meses depois do ocorrido, George e Kathleen Lutz se mudam para a casa com sua nova família, desacreditados de que a casa possa abrigar algo maligno. A partir daí, os Lutz passam a enfrentar as mais diversas situações paranormais, das quais insistem seres coisa de suas cabeças, até que, percebem que tanto suas vidas quanto a de seus filhos estão em perigo.

Baseado em fatos reais, Amityville foi lançado em 1977 por Jay Anson, o livro rapidamente fez sucesso pelo mundo inteiro, ganhando uma adaptação para filme como "Horror em Amityville". A versão cinematográfica de 2005 está disponível na Netflix! Corram para assistir!



O livro é sem sombra de dúvidas, uma das melhores obras de terror que já li na vida! Foi até mesmo inserido uma planta de todos os 3 andares da casa, o que aumenta ainda mais a imersão dos leitores na história. Cada palavra lida aumenta a curiosidade do leitor! A descrição de cada um dos eventos paranormais é escrita com tanta precisão e detalhes que fui capaz de enxergar claramente cada uma das cenas ocorridas no livro.
Sem dúvida, é uma das melhores obras que alguém poderia produzir e vale super a pena cada minuto de leitura!





© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo